Vertentes de Mim
  DEFINIÇÕES COMPARATIVAS

COMO...

A ternura mansa da esprança adolescente. A simplicidade das flores que nascem e morrem sem nunca serem vistas sem jamais deixar de serem lindas. A fúria ardente do solo ao receber as primeiras gotas de chuva após longa estiagem. A fartura dos ventos que tranportam o perfume dos jardins e bosques. A alegria surda e pura das nascentes levando o cristalino frescor entre húmus e gravetos. O orgulho da árvore ostentando o primeiro fruto. O êxtase e vertigem da alma caída de amor. A intensa força estática do silêncio que substitui as palavras. Grandes momentos que precedem acontecimentos definitivos. Todas as horas que o tempo tem para me conceder. Sentir essa chama que parece arder na alma numa explosão de imagens nunca vistos. Emocionar-se somente por lembrar de palavras, às vezes nem ditas. Fechar os olhos e te sentir ao meu lado, desejando teu afeto, teu corpo, tua presença. Sentir-me feliz apenas por saber que existe. O mistério de duas almas que parecem se tocar num abraço de corpos. Mergulhar com a certeza de que não há uma única pedra, só a refrescância da água num dia de calor. O que não parece ter fronteiras, nem modos, não espreita ou sucumbre, nem existe para satisfazer egoísmos. O universo em volta que se harmoniza quando dois corações pulsam em ritmo semelhante. Duas almas que se encontram e se reconhecem fazendo do sofrimento alguma coisa mais amena. Pequenos gestos movimentam turbilhões de sentimentos elevados, alcançam esferas sublimes. Aceitar viver somente os problemas que levam à felicidade, pois que a infelicidade não interessa. O que não quer nada do muito, apenas basta-se com o pouco que traz tanta paz e alegria. O que é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso. O que não cobra, não disputa e não sufoca. Redentor de todos os equívocos do passado, a regeneração de tantos erros. Filho da cápacidade de crer e continuar, mantendo-se mais forte mesmo diante de tantas adversidades. O que não pede muito, mas tem demais; não reivindica, mas consegue; não persegue, mas recebe; não exige, quer dar; existe para ser feliz.

É ASSIM COMO SE PROCESSA MEU AFETO POR VOCÊ!

 

Sim, estou de volta. Comemorando com a Koly, de novo, essa coisa tão linda que tenho com ela e que chamamos, ela e eu, por nosso entendimento, de amor. E que belíssimo e abençoado ele é. Em breve, meus já tradicionais e frequentes textos, além de minhas visitas a todos vocês.



Escrito por Ivan às 19:18:54
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO VICENTE, PARQUE PRAINHA, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Música, Cinema e vídeo, teatro, leituras, passeios
MSN - ivanildojosedaluzfilho@hotmail.com


HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Callianteia
 UOL - O melhor conteúdo
 Luz de Luma
 Mas, hein?
 1000 imagens
 Idade da Pedra
 Espelho Feminino
 Teatro da mMente
 Esperando o Dia Amanhecer
 Jardim dos Girassóis
 Nas Estrelinhas
 Eu E Os Outros Eus
 Minha Lua
 Sammy In Sampa
 Nós Por Nós
 Gira Mundo, Gira Eu Girassol (Lidiane)
 LHNCR
 Loira Em Fuga
 Paula Dandolini
 Cá Entre Nós (Gui)
 De Ponta cabeça (Christiani Rodrigues)
 Palavras 1 (Patty)
 Vivendo Um Dia De Cada Vez (Advi "Morena" Catarina)
 Bonequinho de Luxo (Cristiano Contriras)
 Estátua da Fonte (Andressa Pacheco)
 Laço do Infinito (Tathiana)
 Uivos da Loba (Loba)
 Amar- Ela (Daniela Mann)
 Sem Grilo (Vivian)
 Sola Sol 3 (Karin)
 Heart's Place (Drika)
 Blogue da Magui (Magui)
 Páginas Viradas (Samara)
 Blogando Idéias (Joseane)
 (Maria Bonita)
 Koly Asas (Koly)


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!