Vertentes de Mim
 

Juro que tentei!

Mas não consegui pensar em nada para escrever hoje!

 



Escrito por Ivan às 14:38:49
[] [envie esta mensagem] []


 
  À uma pessoa por mim admirada, e à uma nova amiga!

O que transcrevo aqui (com algumas adaptações e/ou alterações oportunas) é baseado numa conversa que tive com uma blogueira que conheci há pouco tempo. Nos falamos semana passada pela primeira vez, através do MSN. Maníaca por fotos, vi algumas delas. É de fato muito bonita e este fato deu origem a um dos assuntos da conversa. Prefiro não dizer o nome, nem o blog dela. Se ela ler este post e quiser se revelar tudo bem!

Do que compreendo na Doutrina Espírita, que não acredita no acaso, penso que mulheres nascem bonitas (ou gostosas como querem alguns) para trabalharem certos sentimentos como a vaidade, a luxúria, a autoestima. Mulheres não nascem muito bonitas por acaso. E, por algumas vezes, nem sempre a beleza vem acompanhada de tranquilidade interior.

Mulheres bonitas, face aos impulsos descontrolados dos homens (carentes afetivamente) vazios- embora dissimulem outras imagens pessoais menos depreciativas e, por si só, mais agradáveis-, estão sempre sendo tentadas aos romances superficiais. Isso porque muitas dessas mulheres experimentam carências afetivas tão grandes que precisam aprender a se valorizar. A beleza cumpre um papel. Nesse pé de conversa, minha mais nova companheira blogueira confessou experimentar grande carência e, por causa dela, enfrentou grandes decepções!

A beleza é atraente! Muitos homens se aproxima com intenções vilipendiosas, vis. Isso deixa as mulheres em situações de provas. Ou elas dão vazão às necessidades afetivas que têm (que podem ser mais graves do que têm as ditas "feias"), ou se esforçam em perceber nada mais do que perniciosidade nestes homens e, não caindo em seus galanteios, vão aumentado sua auto estima, já que estão no exercício de se valorizarem.

Mulheres bonitas também têm pouco espaço para apresentar seus reais valores no mundo. O mundo não as ouve. As admira ou, parte dele, as inveja. Se tais mulheres, por uma baixa autoestima que apresentam (fragilidade emocional), não se vêm valorizadas, com potencialidades íntimas, ou mesmo percebem suas aflições das quais querem sempre fugir, com medo da dor... Nesse momento, a moça com que eu conversava me disse que eu a estava descrevendo!

Quantas mulheres (mesmo sem perceber, por puro movimento inconsciente) usam a beleza como subterfúgio, pois sabem que pela beleza, alguma coisa haverá de se admirarem. Não percebendo seus valores íntimos ou mesmo potencialidade para adquirí-los, se apóiam no que está visível, embora efêmero. A beleza é ótima para olhos como os meus. Eu sou um homem muito sexualizado. Não posso negar que tive um ou dois pensamentos perniciosos quando vi a foto dela. Entendem? É automático. Me revelei a ela confessando isso para nossa aproximação (embora virtual) seja mais respeitosa, como á a minha aproximação com vários outros blogueiros. Ela disse que entendia!

Uma amiga que tenho em São Paulo depôs certa vez que sempre quis ser desejada e nunca soube dizer de onde vem tal sentimento. Sempre gostou da idéia de saber que estava sendo desejada, mesmo namorando! Quando percebeu que seu namorado tinha se apaixonado pelo que ela é ( e ela é mesmo uma moça incrível) por dentro, entrou numa confusão mental muito grande, pois, no fundo, no fundo, não entendia como um homem podia negligenciar sua beleza... Ela é muito bonita também. E hoje percebe que troxe, de outras vidas, uma dificuldade emocional! Um valor negativo. Que é o de seduzir. O de ser valorizada pelo que ela tem de voluptuosidade. Acho que só chego a tais conclusões por ser espírita.

A minha nova amiga disse que gosta de seduzir e sabe que pode seduzir, tendo dificuldade de atrair mesmo as pessoas pelo que ela apresenta por dentro. Eu lhe disse que é um tanto difícil mesmo com ela porque a sua beleza parece ofuscar seus valores. E, face aos impulsos íntimos de que nós, homens, somos predominantemente dotados, a beleza dela parece nos interessar antes mesmo de quealquer coisa. Ou seja, a beleza pode ser uma oportunidade de reajuste de sentimentos. Ela se sentiu aliviada de eu ter conhecido um pouco de sua personalidade antes de vê-la. E eu disse que não se deve ficaer triste por ser bonita. É uma condição que traz oportunidade de trabalhar os sentimentos que ela confessou apresentar! 

Por conta do texto anterior, a Koly respondeu a alguns comentários. E pretende responder aos restantes!

Novo texto no www.catanduvanarede.com.

Arrependam-se por não acessarem http://sammyinsampa.zip.net.



Escrito por Ivan às 17:41:16
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO VICENTE, PARQUE PRAINHA, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Música, Cinema e vídeo, teatro, leituras, passeios
MSN - ivanildojosedaluzfilho@hotmail.com


HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Callianteia
 UOL - O melhor conteúdo
 Luz de Luma
 Mas, hein?
 1000 imagens
 Idade da Pedra
 Espelho Feminino
 Teatro da mMente
 Esperando o Dia Amanhecer
 Jardim dos Girassóis
 Nas Estrelinhas
 Eu E Os Outros Eus
 Minha Lua
 Sammy In Sampa
 Nós Por Nós
 Gira Mundo, Gira Eu Girassol (Lidiane)
 LHNCR
 Loira Em Fuga
 Paula Dandolini
 Cá Entre Nós (Gui)
 De Ponta cabeça (Christiani Rodrigues)
 Palavras 1 (Patty)
 Vivendo Um Dia De Cada Vez (Advi "Morena" Catarina)
 Bonequinho de Luxo (Cristiano Contriras)
 Estátua da Fonte (Andressa Pacheco)
 Laço do Infinito (Tathiana)
 Uivos da Loba (Loba)
 Amar- Ela (Daniela Mann)
 Sem Grilo (Vivian)
 Sola Sol 3 (Karin)
 Heart's Place (Drika)
 Blogue da Magui (Magui)
 Páginas Viradas (Samara)
 Blogando Idéias (Joseane)
 (Maria Bonita)
 Koly Asas (Koly)


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!